As minhas Personagens...

Apesar das várias assinaturas..., as palavras são todas da minha autoria.







Pesquisar aqui!

Número total de visualizações de página

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Caixinha de música

Não guardo rancor.
É uma aptidão que nunca consegui adquirir.
Mas faço luto; por sinal, mais silencioso que o que eu sabia.
Em vez de rancor ou dor, eu tenho a especial estranheza de alimentar sonhos...
Sonhos que me mostram que se mostrará o que não seria esperado. Mas isso não é minha culpa. É culpa de quem joga os dados depois de dar o número como adquirido.
O que se perde, por isso, é invisível. Pois não é previsível.
O que se ganha em jogar com o que se tem, é sempre o mais plausível...
Ouvidos que não ouvem, coração que não sente... E perde-se algo sem se saber o que poderia ser ganho neste jogo de emoções e música...
A bailarina roda em torno do seu eixo na sua caixinha de música... Sabemos que ela nunca sairá de lá a bailar para fora do seu eixo...
Porque achamos que não é capaz... é feita de massa inanimada. Não é capaz.
Nós só aceitamos o que vemos e o que acreditamos ser possível.

O que não se vê também existe e é possível. Nem todos são capazes de fazer acontecer.
E o mais fácil é ficar com o razoável...  Que é agradável... Mas não é fascinante.  Isso, em vez da indefinida estranheza, mascarada de roupagem frágil e desgrenhada...

Estas histórias de caixinhas só me darão a motivação que estava em falta.
As coisas não podem continuar a ser definidas pela insegurança.

De qualquer forma... Embora me identifique com a música que ela toca... Eu não me identifico com a figura que baila nem com a caixa...

EU.


Eu

A minha foto
Planeta Terra, Portugal
Para quem visitar o meu espaço, não se esqueça que o último texto da página foi o primeiro a ser colocado e que entre os primeiros e últimos textos, há sempre uns pelo meio... Digo isto porque quando leio um blog, tento perceber se há algum texto que me agrade, sem deixar que os primeiros, os últimos ou os do meio me repulsem... Aqui, há textos para todos os gostos.