As minhas Personagens...

Apesar das várias assinaturas..., as palavras são todas da minha autoria.







Pesquisar aqui!

Número total de visualizações de página

terça-feira, 8 de abril de 2014

Alguém me olha?



Corro, grito, sufoco,
Caio.
Levanto-me sem ter forças
Pra me levantar...
Tropeço e Engasgo-me de tanto falhar.
Às vezes paro e reflicto
O que ando a ignorar...
Às vezes paro e admito
Que tenho que respirar.
Sufoco mais um pouco porque
O dia-a-dia são os 100 metros,
Tropeço mais um pouco
Porque sou verde e um Ser não concreto;

Penso para mim:
Não cais, não cais!
Não vais cair.
Corre mais um pouco
A meta está a surgir.
É tempo agora de crescer
O que está pra florir
Amadurecer o fruto que nasceu a sorrir...

Acorda, revela, entusiasma!
A vida são três tempos e o tempo não acaba!
Verte suor, lágrimas, o que tu quiseres!
Aguenta, porque já nasceste
E não te deram a escolher,
Chora, grita, corre - ATINA!

Eu sei que custa, mas é assim a tua sina.

Sina, sina, sina... O que falo eu?
Não acredito em sinas
Nem em deuses ou mesmo um deus...

Às vezes pergunto apenas se somos sozinhos,
Às vezes sofro e olho o meu reflexo
Tão divino. Tão perfeita é a carne e
O seu espírito... Tão complexos que somos,
Tão complexo e tão complicado,
Que às vezes me pergunto se:
Lá pra cima onde olho,
Alguém por mim tem olhado...?


 Sofia Abreu
_2014_

Eu

A minha foto
Planeta Terra, Portugal
Para quem visitar o meu espaço, não se esqueça que o último texto da página foi o primeiro a ser colocado e que entre os primeiros e últimos textos, há sempre uns pelo meio... Digo isto porque quando leio um blog, tento perceber se há algum texto que me agrade, sem deixar que os primeiros, os últimos ou os do meio me repulsem... Aqui, há textos para todos os gostos.