As minhas Personagens...

Apesar das várias assinaturas..., as palavras são todas da minha autoria.







Pesquisar aqui!

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Nuamente

É nua que me olho.
Só me vejo quando estou nua.
Quando me dispo do que penso
E visto o que sinto.
Porque é apenas nua que me sinto.
Não é sentir-me nua:
É sentir-me, apenas
Quando estou nua.

Nua de mundo, nua de outros,
Nua de exterior e
Toda eu sou eu,
Interior infinito e desconhecido.
Vestida de mim e das minhas
Entranhas mais lindas
Num Narcisismo orgásmico
Que me leva a planos transcendentes.

(Nem todos os que me lêm entendem
O que escrevo...
Nem ao vivo.
Porque...
-"Tu és tão tu".)

Sou.
E posso ser mais.
Porque posso encher-me tanto de mim
Até me transbordar...
Transbordar-me de Eu,
Do melhor que posso ser de mim.
Não caber em mim de ser tanto eu
E tão enorme.
Sabes como é isso?
Poucos sabem.
Eu gostava de saber.

domingo, 7 de setembro de 2014

Doo-te

É nestas alturas que não estou a ser eu.
Estou a ser o pior de mim que não sou eu.
Por ter de ser o que não sou nem consigo ser.
As minhas crenças e valores colidem em
Contra-natura com o que é imposto
Por mim própria e pelo outro.
Vagueio sem ser eu, não sendo senão algo
Que parece oco.
Em que o vazio dói, apático.
Eu sou vazio.
Eu doo.
Tu dóis.

Doo-te.
Doo-nos...

Eu

A minha foto
Planeta Terra, Portugal
Para quem visitar o meu espaço, não se esqueça que o último texto da página foi o primeiro a ser colocado e que entre os primeiros e últimos textos, há sempre uns pelo meio... Digo isto porque quando leio um blog, tento perceber se há algum texto que me agrade, sem deixar que os primeiros, os últimos ou os do meio me repulsem... Aqui, há textos para todos os gostos.